Colbert nega ter recebido R$ 150 mil da Odebrecht em caixa 2

Colbert nega ter recebido R$ 150 mil da Odebrecht em caixa 2

O vice-prefeito de Feira de Santana e ex-deputado federal, Colbert Martins (PMDB), nega ter recebido R$ 150 mil da Odebrecht, em caixa 2. O nome do político foi citado pelo ex-diretor da empreiteira, José de Carvalho Filho, em delação premiada à Procuradoria-Geral da República, nas investigações da Operação Lava Jato.

Segundo o delator, Colbert recebeu os R$ 150 mil da Odebrecht em “valores não contabilizados” (caixa 2), após fazer solicitação de ajuda de campanha em 2010 e o valor foi pago em Salvador.

Segundo Colbert, esta doação não existiu. “Recebi recursos absolutamente legais, não recebi nenhum recurso ilegal. Tudo o que recebi está declarado nas minhas contas de campanha e aprovados pelo Tribunal Superior Eleitoral”, declarou, em entrevista ao Acorda Cidade nesta segunda-feira (17).

O vice-prefeito de Feira disse ainda que aguarda tranquilamente a justiça para responder “essas questões” e espera que o delator prove o que disse.

R$ 441 mil em doação oficial

Questionado sobre os R$ 441 mil doados para Colbert via PMBD, de forma oficial em 2014, e também citados por José de Carvalho na delação, o ex-deputado confirmou a informação. “Foi depositado para o partido, tem recibo, tem tudo. Foi declarado, não tenho nenhum tipo de receio com relação a isso”.

Não correspondeu a expectativa

O delator também afirmou, no depoimento, que Colbert não correspondeu às expectativas da empresa. E sobre essa declaração o vice-prefeito de Feira rebateu: “Nunca me submeti a empresa coisa nenhuma. Não tenho nenhuma dependência com a empresa, nunca me pediram nada e eu nunca fiz nada. Quem dava contribuição de campanha dava mesmo. Acho que, de qualquer forma, é uma defesa para mim, porque se a empresa ficou chateada, é porque em nenhum momento troquei nenhum tipo de contrapartida. Estou com a consciência tranquila e vou enfrentar e vencer mais essa situação”, enfatizou. 

Fonte – Acorda Cidade

Ver mais