Jovem é agredido em emboscada após marcar encontro pelo WhatsApp em Salvador

Jovem é agredido em emboscada após marcar encontro pelo WhatsApp em Salvador

Jovem é agredido em emboscada após marcar encontro pelo WhatsApp em Salvador

Um jovem de 18 anos foi alvo de uma emboscada e acabou espancado após marcar um encontro pelo WhatsApp com uma garota que conheceu nas redes sociais. Morador de Brotas, ele combinou de se encontrar com a jovem na noite desta quarta-feira (27), perto do supermercado Bompreço, da Avenida Vasco da Gama.

Ao chegar ao local, pelo aplicativo, a suposta jovem perguntou como ele estava vestido para que pudesse identificá-lo. Após a resposta, pediu que ele andasse mais alguns metros. Para surpresa do rapaz, ao invés da mulher, ele se deparou com um grupo com mais de sete rapazes, que o ameaçou com uma arma e o levou para dentro da comunidade de Lajinha, na localidade da Baixa da Égua, na Federação.

Lá, ele foi agredido com coronhadas no rosto e teve o celular roubado. Entre os agressores, três pessoas foram reconhecidas pela vítima. Os jovens ainda fizeram ameaças. “Eles disseram que sabiam onde ele morava”, contou uma familiar. O jovem é estudante da rede estadual e trabalha em uma lanchonete.

A vítima foi socorrida para o Hospital Geral do Estado (HGE) com hematomas no rosto. Ele foi atendido e já teve alta. A ocorrência foi registrada no posto policial da unidade. No entanto, por medo de represália, a família não prestou queixa na delegacia.

“Não posso falar nada para preservar a vida do meu filho. Só tenho ele. Parece que eu estava pressentindo, disse para ele não sair, mas ele é teimoso”, contou a mãe, que preferiu não se identificar.

Depois da agressão, um familiar disse que espera que o jovem passe a tomar mais cuidados ao marcar encontros pela internet. “Ele tem costume de fazer isso, já foi até Cajazeiras encontrar uma menina. Agora, a gente espera que ele seja mais cauteloso. Ele disse que pensou que ia morrer”. Informações do correio 24 horas.

Ver mais